A modernização naval chinesa e as implicações no mar do sul da China

Helvécio de Jesus Júnior, Natalia Virginia Rodrigues Godinho

Abstract


A reforma estrutural da China, no final do século XX, permitiu ao país acelerar o desenvolvimento nas esferas política, econômica e militar. O principal objetivo dessa reforma é transformar a República Popular da China em uma grande potência, aumentando a sua influência no sistema internacional. Para tanto, um dos dispositivos empregados é a modernização das Forças Armadas, uma vez que o poderio bélico permite exercer estratégias como a dissuasão. O propósito deste trabalho é discutir como a projeção naval chinesa no Mar do Sul da China impactam nos eventos e nas disputas pela soberania entre os Estados na região. As reivindicações chinesas são ilegais pelo direito internacional do mar, já que a China ultrapassa os limites da Zona Econômica Exclusiva, outorgados pela Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar (UNCLOS), em 1982. Deste modo, o estudo analisa as dinâmicas do poder militar no Mar do Sul da China, bem como o papel dos Estados Unidos no Sudeste Asiático, como forma de mitigar o poderio militar chinês.  


Keywords


China. Projeção de Poder Militar. Força Naval. Mar do Sul da China.

References


BAKER, R.; ZHANG, Z. Opinião estrangeira: O paradoxo da estratégia naval da China. Poder Naval, 2012. Disponível em: . Acesso em: 22 mai. 2018.

BEUKEL, Erik. China and the South China Sea: Two faces of power in the rising China's neighborhood policy. DIIS working paper, 2010; Disponível em: . Acesso em: 15 set. 2018.

CARRIÇO, Alexandre. Grande Estratégia e o «sonho da China» de Xi Jinping. Relações Internacionais (R: I), n. 38, p. 23-33, 2013. Disponível em: . Acesso em: 22 ago. 2018.

CHINA’S “PEACEFUL” Rise Threatening Small States In Southeast Asia. Global Journal Ceners, Julho 2017. Disponível em . Acesso em: 16 set. 2018.

CHINA pedeaos Estados Unidos o fim da ‘intimidação econômica’, mas diz estar aberta a diálogo’. O Globo, Março 2018. Disponível em: . Acesso em: 18 ago. 2018.

CONSTITUTION. Constitution of the People's Republic of China. 1982. Disponível em: . Acesso em: 18 ago. 2018.

CONVENÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS SOBRE O DIREITO DO MAR. Montego Bay, Jamaica, 10 de dezembro de 1982. Disponível em: . Acesso em: 30 set. 2018.

COOPER, Cortez A. PLA Military Modernization: Drivers, Force Restructuring, and Implications. The RAND Corporation. Testimony given Before the US-China Economic and Security Review Commission, v. 15, 2018. Disponível em: . Acesso em: 10 set. 2018.

DELLAGNELO, Eloise Helena; SILVA, Rosimeri. Carvalho. Pesquisa qualitativa em administração teoria e prática. São Paulo, Ed. FGV, 2005.

DESPESA militar sobe mais na China e cai 20% na Rússia. Diário de Notícias, Maio 2018. Disponível em: . Acesso em: 12 set. 2018.

ERICKSON, Andrew. China’s Three ‘Navies’ Each Have the World’s Most Ships. War is Boring, 2018. Disponível em: . Acesso em: 15 set. 2018.

FRAVEL, M. Taylor. China's strategy in the South China Sea. Contemporary Southeast Asia, p. 292-319, 2011. Disponível em: . Acesso em: 2 set. 2018.

FRIEDMAN, George. In China, a Strategy Born of Weakness. Geopolitical Futures, 2017. Disponível em: . Acesso em: 30 set. 2018.

HEATH, Timothy R. Chinese Political and Military Thinking Regarding Taiwan and East and South China Seas. RAND Corporation, 2017. Disponível em: . Acesso em: 2 set. 2018.

HEATH, Timothy R.; GUNNESS, Kristen; COOPER, Cortez A. The PLA and Chinas Rejuvenation: National Security and Military Strategies, Deterrence Concepts, and Combat Capabilities. RAND Corporation-National Defense Research Institute Santa Monica United States, 2016. Disponível em: . Acesso em: 20 ago. 2018.

INFORMATION OFFICE OF THE STATE COUNCIL. The Diversified Employment of China's Armed Forces. White Paper, 2013. Disponível em: . Acesso em: 20 ago. 2018.

JISI, Wang. China's search for a grand strategy: A rising great power finds its way. Foreign Affairs, p. 68-79, 2011. Disponível em: . Acesso em: 10 set. 2018.

JORDÃO, Sérgio. Mar do Sul da China e o Direito do Mar. O Furor, 2015. Disponível em:. Acesso em: 30 set. 2018.

LYRIO, Mauricio. A ascensão da China como potência: fundamentos políticos internos. Fundação Alexandre de Gusmão, 2010. Disponível em: . Acesso em: 20 Ago. 2018.

MINISTRY OF NATIONAL DEFENSE. The diversified employment of China's armed forces. Ministry of National Defense, Abril 2013. Disponível em . Acesso em:18 Ago. 2018.

MINISTRY OF NATIONAL DEFENSE. China's Military Strategy. Ministry of National Defense, Abril 2015. Disponível em . Acesso em: 18 Ago. 2018.

MIZOKAMI, Kyle. China Could Have 4 Aircraft Carriers by 2022: Should the Navy Be Worried?. The National Interests, 2018. Disponível em . Acesso em: Acesso em: 15 set. 2018.

MOSS, Trefor. China Now Has a Rail Link Into the Heart of Europe. The Wall Street Journal, 2017. Disponível em: . Acesso em: 14 set. 2018.

NO ONE should underestimate China's determination to uphold peace in South China Sea: Chinese ambassador. New China, 2018. Disponível em: . Acesso em: 21 set. 2018.

NORTON, Simon. China’s grand strategy. China studies centre, The University o f Sydney, Sydney, Australia, 2015. Disponível em: . Acesso em: 15 ago. 2018.

NYE, Joseph S. Paradoxo do Poder Americano. São Paulo: Editora UNESP, 2002.

O'ROURKE, Ronald. China Naval Modernization: Implications for US Navy Capabilities—Background and Issues for Congress. 2018. Disponível em: . Acesso em: 2 set. 2018.

OFFICE OF THE SECRETARY OF DEFENSE. Military Power of the People’s Republic of China 2008. Departament of Defence, 2008. Disponível em: . Acesso em: 1 set. 2018.

OFFICE OF NAVAL INTELLIGENCE WASHINGTON DC. The People's Liberation Army Navy: A Modern Navy With Chinese Characteristics. Front Cover. Defense Technical Information Center, 2009. Disponível em: . Acesso em: 2 set. 2018.

ONLY WAR can stop China in the South China Sea - US Admiral delivers TERRIFYING warning. Express, 2018. Disponível em: . Acesso em: 14 set. 2018.

PAUTASSO, Diego; DORIA, Gaio. A China e as disputas no Mar do Sul: o entrelaçamento entre dimensões regional e global. Revista de Estudos Internacionais, v. 8, n. 2, p. 18-32, 2016. Disponível em: . Acesso em: 15 set. 2018.

STANZEL et. al, Angela et al. Grand Designs: Does China Have a ‘Grand Strategy’. European Council on Foreign Relations, 2017. Disponível em: . Acesso em: 10 ago. 2018.

STEINBERG, Jim; O’HANLON, Michael. Can Donald Trump Avoid a Dangerous South China Sea Showdown?. The Nacional Interest,2017. Disponível em: . Acesso em: 14 set. 2018.

SYLVESTER, John. The geopolitics of China: a great power enclosed. American Diplomacy, 2012. Disponível em . Acesso em: 15 ago. 2018.

TACTICAL nuke deployment would fuel the arms race spreading across East Asia. Hankyoreh, Março 2017. Disponível em: . Acesso em: 10 set. 2018.

THE US has a massive military presence in the Asia-Pacific. Here's what you need to know about it. Public Radio International, 2017. Disponível em: . Acesso em: 30 set. 2018.

TRIBUNAL de Haia rejeita reivindicações chinesas sobre Mar do Sul da China. O Globo, 2016. Disponível em . Acesso em: 17 mar. 2018.

U.S. Military In West Pacific. Thomson Reuters, 2012. Disponível em: . Acesso em: 30 set. 2018.

US DEPARTMENT OF DEFENSE. Annual Report to Congress: Military and Security Developments Involving the People's Republic of China.2018. Disponível em: . Acesso em: 22 ago. 2018.

WILL the US fight for oil in the South China Sea?. DW, 2017. Disponível em: . Acesso em: 15 set. 2018.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Copyright (c) 2020 REVISTA DA ESCOLA DE GUERRA NAVAL

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Indexes and directories:
resultado de imagem para Diadorim AZUL resultado de imagem para LOGO DE DOI CrossRef resultado de imagem para CAPES PERIÓDICAS Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional
 
 

REVISTA DA ESCOLA DE GUERRA NAVALJOURNAL OF THE NAVAL WAR COLLEGE

e-ISSN: 2359-3075
ISSN: 1809-3191

INSTRUCTIONS FOR AUTHORS ON-LINE SUBMISSION