Brasil e Portugal: sociedade e estado nas relações bilaterais

Williams Gonçalves

Abstract


O presente estudo tem o propósito de discutir sobre o que faz com que as relações luso-brasileiras fiquem sempre limitadas em termos de potencialidades. O estudo procura explicar as razões da recorrente insatisfação dos pesquisadores das relações Brasil-Portugal por considerá-las sempre insuficientes, apesar da intensidade com que elas se verificam. Apresenta-se inicialmente uma breve discussão teórica sobre o tema, para em seguida comentar-se sobre as relações bilaterais, transnacionais e o sistema internacional. Conclui-se que para o entendimento da questão é necessário que se tenha em vista fatores existentes nas dimensões transnacionais e do sistema internacional nas relações bilaterais, tendo os dois Estados pesos específicos diferentes no sistema internacional em função das dimensões de população, desenvolvimento econômico e geopolítica.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Copyright (c) 2017 REVISTA DA EGN

Indexes and directories:
resultado de imagem para Diadorim AZUL resultado de imagem para LOGO DE DOI CrossRef resultado de imagem para CAPES PERIÓDICAS Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional
 
 

REVISTA DA ESCOLA DE GUERRA NAVALJOURNAL OF THE NAVAL WAR COLLEGE

e-ISSN: 2359-3075
ISSN: 1809-3191

INSTRUCTIONS FOR AUTHORS ON-LINE SUBMISSION