A estratégia naval brasileira no contexto da política exterior do Brasil

Camila Cristina Ribeiro Luis

Abstract


O Brasil, além de ser um país continental, é um país marítimo, cuja regionalidade abrange, além da América do Sul, os países da costa oeste da África. No que concerne aos objetivos da Política Exterior brasileira de manutenção da soberania e integridade territorial, contribuição para estabilidade regional e inserção internacional, a postura política do Brasil orienta-se por uma dupla ação: a expressão da Diplomacia e da Defesa. A expressão da Diplomacia consiste na ação diplomática como instrumento para promover a cooperação e a solução de conflitos. Já a Defesa possui a função de evitar o conflito armado por meio da dissuasão, ou ter capacidade de reagir, caso ocorra agressão militar ao Brasil. Tendo em vista a projeção atlântica do território brasileiro, o presente artigo tem como objetivo analisar e debater a Política Exterior brasileira desenvolvida no âmbito do Atlântico Sul, considerando ambas as expressões da política externa: a Defesa e a Diplomacia.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Copyright (c) 2016 CAPA - REVISTA DA EGN

Indexes and directories:
resultado de imagem para Diadorim AZUL resultado de imagem para LOGO DE DOI CrossRef resultado de imagem para CAPES PERIÓDICAS Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional
 
 

REVISTA DA ESCOLA DE GUERRA NAVALJOURNAL OF THE NAVAL WAR COLLEGE

e-ISSN: 2359-3075
ISSN: 1809-3191

INSTRUCTIONS FOR AUTHORS ON-LINE SUBMISSION