Guerras Internas Internacionalizadas

Renato Petrocchi

Abstract


O presente artigo discute determinadas transformações das guerras internacionais, principalmente, a partir da inflexão histórica do Pós-1989. Analisam-se os processos singulares a esta fase inicial, de abertura para uma era pós-bipolar, como por exemplo, o declínio da guerra tradicional, o declínio da ordem mundial e o crescimento exponencial de novas formas de conflitualidades locais, interestatais, cujas características mais expressivas são, as das origens internas destes conflitos que se tornaram uma das fontes efetivas da instabilidade política internacional contemporânea. Por outro lado, avalia-se também, a internacionalização destes mesmos conflitos internos através da intervenção de “missões” organizadas e promovidas, por coalizões de Estados “voluntários” que buscam aplicar uma espécie de “sedativo” a estas crises domésticas agudas. Conclui-se com a proposta de que os últimos setenta anos podem ser periodizados/interpretados, no que concerne às guerras contemporâneas, mediante as imagens de passagens entre diferentes eras históricas: da era da “guerra total” (desde a Segunda Guerra Mundial) para a era da “guerra final” (durante a Guerra Fria nuclear) e, desta última, para a era da “guerra sem fim e sem êxito” a partir do Pós-1989.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Copyright (c) 2016 CAPA - REVISTA DA EGN

Indexes and directories:
resultado de imagem para Diadorim AZUL resultado de imagem para LOGO DE DOI CrossRef resultado de imagem para CAPES PERIÓDICAS Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional
 
 

REVISTA DA ESCOLA DE GUERRA NAVALJOURNAL OF THE NAVAL WAR COLLEGE

e-ISSN: 2359-3075
ISSN: 1809-3191

INSTRUCTIONS FOR AUTHORS ON-LINE SUBMISSION