Jogos de guerra: instrumentos de cooperação

Claudio Rodrigues Corrêa, Claudio Rogério de Andrade Flôr

Abstract


O preparo para a guerra é ferramenta para manutenção da paz. O Atlântico Sul, conceito histórico, comercial e cultural, bem como espaço geopolítico de imediato interesse ao Brasil, é uma área na qual a manutenção da paz deve ser construída principalmente pelos países dessa região. A literatura aponta estudos teóricos e descreve casos em que simulações são utilizadas como instrumento de cooperação em altos níveis decisórios além do campo militar. Ferramentas didáticas, os Jogos de Guerra são instrumentos que simulam múltiplas situações em ambientes complexos e dinâmicos que permitem gerar desafios aos tomadores de decisão. Este artigo objetiva discutir motivos e formas de atuação geopolítica no Atlântico Sul e apresentar exemplos e características dos Jogos de Guerra que favorecem o seu uso como ferramenta qualitativa de cooperação para a manutenção da paz e apresentar uma potencial inovação da Marinha do Brasil nesse sentido de cooperação internacional no Atlântico Sul.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Copyright (c) 2016 CAPA - REVISTA DA EGN

Indexes and directories:
resultado de imagem para Diadorim AZUL resultado de imagem para LOGO DE DOI CrossRef resultado de imagem para CAPES PERIÓDICAS Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional
 
 

REVISTA DA ESCOLA DE GUERRA NAVALJOURNAL OF THE NAVAL WAR COLLEGE

e-ISSN: 2359-3075
ISSN: 1809-3191

INSTRUCTIONS FOR AUTHORS ON-LINE SUBMISSION