Defesa: o Brasil em dois tempos

José Augusto Abreu de Moura

Abstract


O Brasil experimentou uma importante alteração político estratégica, que afetou a forma de encarar a defesa nacional. Na situação dos anos 1990, influenciada pelo clima global de paz e entendimento dos primeiros anos do pós-Guerra Fria, os problemas estratégicos visualizados consistiam em zonas de instabilidade contrários a interesses brasileiros, bandos armados na Amazônia e no crime organizado; a política de defesa visava à inserção regional por meio da harmonização e interesses com os vizinhos e a m vago “aprimoramento” da vigilância do espaço aéreo e das fronteiras terrestre e marítima. As forças navais almejavam a defesa de apenas uma porção da fronteira marítima e a eventual participação em intervenções externas como “coadjuvante secundário”. Na situação atual, determinada pelo sentimento de ameaça que passou a grassar no fim da década de 1990 e pela vontade política nacional decorrente do crescimento econômico, os problemas estratégicos consistem na defasagem tecnológica ante os países desenvolvidos e nas ameaças resultantes da rarefação mundial de recursos naturais disponíveis no País; a política de defesa especifica precisamente as áreas prioritárias e as ações gerais a empreender, e as forças navais têm como tarefa primária impedir ataques ao Brasil, por meio da negação do uso do mar em termos estratégicos e assegurar as linhas de comunicações marítimas de interesse do País. Foram também implementadas medidas para iniciar a obtenção dos meios necessários, destacando-se os submarinos convencionais e o primeiro nuclear. Destaque-se, porém, que as principais mudanças do País foram econômicas – a autossuficiência em petróleo, em 2006 e a quadruplicação do Produto Interno Bruto entre 2003 e 2010.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Copyright (c) 2016 CAPA - REVISTA DA EGN

Indexes and directories:
resultado de imagem para Diadorim AZUL resultado de imagem para LOGO DE DOI CrossRef resultado de imagem para CAPES PERIÓDICAS Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional
 
 

REVISTA DA ESCOLA DE GUERRA NAVALJOURNAL OF THE NAVAL WAR COLLEGE

e-ISSN: 2359-3075
ISSN: 1809-3191

INSTRUCTIONS FOR AUTHORS ON-LINE SUBMISSION