A Amazônia azul sob a perspectiva da economia política do mar

Bernardo Salgado Rodrigues

Abstract


Sob a perspectiva da Economia Política do Mar, a Amazônia Azul é compreendida como área de exploração exclusiva brasileira com a capacidade de gerar riqueza através de um cluster sustentável, principalmente após a consecução de políticas públicas e de gestão oriundas do Planejamento Espacial Marinho (PEM). Paralelamente, tanto os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) quanto a Década das Nações Unidas da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável (2021-2030) possibilitam a discussão do gerenciamento oceânico sustentável num âmbito global. A partir de uma metodologia qualitativa baseada em revisão bibliográfica, este artigo possui como hipótese central a visualização de que a Amazônia Azul consistirá numa nova fronteira do desenvolvimento bra- sileiro na Década do Oceano (2021-2030), com o objetivo de investigar as potencialidades econômicas da Amazônia Azul.

References


AGUILAR, Sérgio Luiz Cruz. Atlântico Sul: as relações do Brasil com os países africanos no campo da segurança e defesa. Austral: Revista Brasileira de Estratégia e Relações Internacionais, v.2, n. 4, p. 49-71, jul./ dez. 2013.

ALONGI, Daniel M.. The Blue Economy: mitigation and adaptation. Blue Carbon, [S.L.], p. 59-84, 2018. http://dx.doi.org/10.1007/978-3-319-91698- 9_6.

AMBROS, Christiano Cruz. Indústria de Defesa e Desenvolvimento: controvérsias teóricas e implicações em política industrial. Austral: Revista Brasileira de Estratégia e Relações Internacionais, v. 6, n. 11, p. 136-158, jan./jun. 2017.

ANDRADE, Israel de Oliveira; BARROS-PLATIAU, Ana Flávia; HILLEBRAND, Giovanni Roriz Lyra. The brazilian navy nuclear program: applicability, viability and relevance. Revista da Escola de Guerra Naval, Rio de Janeiro, v. 26, n. 3, p. 608-634, set./dez. 2020.

BEIRÃO, André Panno; MARQUES, Miguel; RUSCHEL, Rogerio Raupp (org.). O Valor do mar: uma visão integrada dos recursos do oceano do Brasil, São Paulo: Essential Idea Editora, 2020.

BRASIL. Defesa & Meio Ambiente: preparo com sustentabilidade. Brasília, DF: Ministério da Defesa, 2017.

BRASIL. Resolução no 12, de 30 de julho de 2020. Diário Oficial da União: Seção 1, Brasí-lia, DF, ed. 150, p.11, 06 ago. 2020. Disponível em: https://www.in.gov.br/web/dou/-/resolucao-n-12-de-30-de-julho- de-2020-270710008. Acesso em:

BRICK, Eduardo Siqueira; FONSECA JUNIOR, Pedro. PROSUB: uma política pública de defesa voltada para a criação de instrumentos de dissuasão. Revista da Escola de Guerra Naval, Rio de Janeiro, v. 24, n. 1, p. 175-202, jan./abr. 2018.

R. Esc. Guerra Nav., Rio de Janeiro, v. 27, n. 3, p. 773-796. setembro/dezembro. 2021.

Bernardo Salgado Rodrigues 793

BROZOSKI, Fernanda Pacheco de Campos. A disputa global por recursos energéticos oceânicos e sua repercussão na geopolítica mundial da energia. Revista da Escola de Guerra Naval, Rio de Janeiro, v. 25, n. 1, p. 63-88, jan./ abr. 2019.

CARVALHO, Andréa Bento. Economia do mar: conceito, valor e importância para o Brasil. 2018. 185 f. Tese (Doutorado) - - Curso de Economia, Programa de Pós-Graduação em Economia do Desenvolvimento, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Ale-gre, 2018.

CARVALHO, Roberto de Guimarães. A outra Amazônia. Folha de São Paulo. São Paulo, 25 fev. 2004.

CARVALHO, Rodrigo. PEM da Amazônia Azul: estado da arte. Rio de Janeiro: Tecnologia, Oceano e Futuro, 2020. 41 slides, color.

Castro, Therezinha de. Atlântico Sul: Geopolítica e Geoestratégia. Rio de Janeiro: Escola Supe-rior de Guerra, 1998.

CENERGIA. Avaliação de Impacto: mitigação de emissões de gases de efeito estufa para cumprimento da meta da Organização Marítima Internacional. Rio de Janeiro: COPPE/UFRJ; CENERGIA; ICS, 2018.

COSTA, José Augusto Fontoura. A Amazônia Azul e o domínio marítimo brasileiro. Revista USP, n. 113, p. 27-44, abr./jun. 2017.

EHLERS, Peter. Blue growth and ocean governance—how to balance the use and the protection of the seas. WMU Journal Of Maritime Affairs, v. 15, n. 2, p. 187-203, maio, 2016. DOI http://dx.doi.org/10.1007/s13437-016- 0104-x.

GANDRA, Tiago Borges Ribeiro. Diretrizes metodológicas para o Planejamento Espacial Marinho (PEM) no Brasil. 2020. 130 f. Tese (Doutorado) - Curso de Geografia, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2020.

R. Esc. Guerra Nav., Rio de Janeiro, v. 27, n. 3, p. 773-796. setembro/dezembro. 2021.

A AMAZÔNIA AZUL SOB A PERSPECTIVA DA ECONOMIA POLÍTICA DO MAR

HARTLEY, Keith; BELIN, Jean. The global defense industry. In: HARTLEY, Keith; BELIN, Jean. The Economics of the Global Defense Industry. [S.l.]: Routledge, 2020.

LESKE, Ariela. A review on defense innovation: from spin-off to spin-in. Revista de Economia Política, v. 38, p. 377-391, 2018.

LESKE, Ariela; SANTOS, Thauan. Brazilian Industrial Defense Base Profile. Carta Internacional, v. 15, n. 2, 2020, no prelo.

LIMA, André Gonçalves de; SILVA FILHO, José Barbosa da; GODOY JUNIOR, Ederaldo. As mudanças na indústria marítima e o desenvolvimento tecnológico. Revista da Escola de Guerra Naval, Rio de Janeiro, v. 26, n. 2, p. 432-467, 2020.

MAHAN, Alfred Thayer. The influence of sea power upon history, 1660- 1783. New York: Dover Publications, Inc., 2016.

MARINHA DO BRASIL (BRASIL). Plano Estratégico da Marinha (PEM 2040). Marinha do Brasil, Estado Maior da Armada, Brasília-DF: 2020.

OCEAN ENERGY SYSTEMS – OES. Annual Report: An overview of ocean energy activi-ties in 2019. Lisbon: OES, 2020.

ORGANIZATION FOR ECONOMIC CO-OPERATION AND DEVELOPMENT – OECD. The Ocean Economy in 2030. Paris: OECD Publishing, 2016.

PETERSEN, Sven. Marine Mineral Resources. In: HARFF, J.; MESCHEDE, M.; PETER-SEN, S.; THIEDE, J. (eds.). Encyclopedia of Marine Geosciences. Dordrecht: Springer, p. 1-9, 2015.

RAM, Rati. Defense expenditure and economic growth. In: SANDLER, Todd; HARTLEY, Keith (eds.). Handbook of Defense Economics, vol. 1. North-Holland: Amsterdam, p. 251-274, 1995.

R. Esc. Guerra Nav., Rio de Janeiro, v. 27, n. 3, p. 773-796. setembro/dezembro. 2021.

Bernardo Salgado Rodrigues 795

RODRIGUES, Marcos Silva. Plano Estratégico da Marinha PEM 2040. Revista da Escola de Guerra Naval, Rio de Janeiro, v. 27, n. 1, p. 13-30, Jan.-Abr. 2021.

SANTOS, Thauan. Economia de Defesa como uma Categoria Geral de Análise nas Ciências Econômicas. Revista da Escola de Guerra Naval, v. 24, p. 543-565, 2018.

SANTOS, Thauan. Economia do Mar. ALMEIDA, Francisco E. A.; MOREIRA, William S. Estudos Marítimos: visões e abordagens. Rio de Janeiro: Editora Humanitas, p. 355-388, 2019a.

SANTOS, Thauan. Economia Política Internacional do Mar. Oikos, Rio de Janeiro, v. 18, n. 2, p. 28-39, 2019b.

SANTOS, Thauan; CARVALHO, Andrea B. “Blue is the New Green”: The Economy of the Sea as a (Regional) Development Policy. Global Journal of Human-Social Science, v. 20, p. 1-16, 2020.

SILVA, A. Ruy de Almeida; MOURA, José Augusto de Abreu. The Brazilian Navy’s nuclear-powered submarine program. The Nonproliferation Review, Vol.23. NOS. 5-6, 2016, pp. 617-633.

SILVA, A. Ruy. A. O Atlântico Sul na Perspectiva da Segurança e da Defesa. In: Reginal-do Mattar Nesser e Rodrigo Fracalossi de Moraes (Orgs.). O Brasil e a segurança no seu entor-no estratégico: América do Sul e Atlântico Sul. Brasília: Ipea, 2014.

THE 2018 ANNUAL ECONOMIC REPORT ON THE EU BLUE ECONOMY. Brus-sels: Eu Publications, 2018. p. 200

UNITED NATIONS – UN. The Ocean and the Sustainable Development Goals under the 2030 Agenda for Sustainable Development: A technical abstract of the first global integrated marine assessment. New York: United Nations, 2017.

R. Esc. Guerra Nav., Rio de Janeiro, v. 27, n. 3, p. 773-796. setembro/dezembro. 2021.

A AMAZÔNIA AZUL SOB A PERSPECTIVA DA ECONOMIA POLÍTICA DO MAR

UNITED NATIONS CONFERENCE ON TRADE AND DEVELOPMENT – UNCTAD. Review of Maritime Transport 2018. New York-Geneva: UNCTAD, 2018.

VIDIGAL, A. A. F.; et al. Amazônia azul: o mar que nos pertence. Rio de Janeiro: Record, 2006.

VIVERO, Juan Luis Suárez de et al. Atlantismo no Atlântico Sul: comunidade de interesses e governança oceânica. Revista da Escola de Guerra Naval, Rio de Janeiro, v. 26, n. 1, p. 143-197, jan./abr. 2020.

WORLD BANK – WB. Fish to 2030: Prospects for Fisheries and Aquaculture. Washington, DC: World Bank, 2013.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Copyright (c) 2022 NAVAL WAR COLLEGE JOURNAL

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Indexes and directories:
resultado de imagem para Diadorim AZUL resultado de imagem para LOGO DE DOI CrossRef resultado de imagem para CAPES PERIÓDICAS Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional
 
 

REVISTA DA ESCOLA DE GUERRA NAVALJOURNAL OF THE NAVAL WAR COLLEGE

e-ISSN: 2359-3075
ISSN: 1809-3191

INSTRUCTIONS FOR AUTHORS ON-LINE SUBMISSION