A adoção do modelo joint: reflexões sobre implicações no modelo brasileiro

Tamiris Santos Pessoa, Marco Tulio Delgobbo Freitas

Abstract


O presente artigo pretende discutir brevemente sobre esta modalidade de defesa com implicações institucionais e operacionais intitulada jointness, jointery ou ainda operações integradas ou conjuntas conforme literatura nacional. Como processo, o modelo joint traz diversas consequências em sua adoção, especialmente por conta de seus vários desdobramentos, característica que traz maior complexidade para a análise. Logo, o principal objetivo deste artigo é trazer elucidações gerais sobre a adoção do modelo joint segundo a abordagem organizacional, a qual compreende o espectro da mudança organizacional, da gestão de defesa e do aprendizado possível a partir das experiências, de forma a ilustrar um quadro específico para o Brasil neste processo de adoção.

 


Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Copyright (c) 2016 CAPA - REVISTA DA EGN

Indexes and directories:
resultado de imagem para Diadorim AZUL resultado de imagem para LOGO DE DOI CrossRef resultado de imagem para CAPES PERIÓDICAS Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional
 
 

REVISTA DA ESCOLA DE GUERRA NAVALJOURNAL OF THE NAVAL WAR COLLEGE

e-ISSN: 2359-3075
ISSN: 1809-3191

INSTRUCTIONS FOR AUTHORS ON-LINE SUBMISSION